ALIMENTAÇÃO HÚMIDA

 

MARP TURKEY CAT FOOD
GATO

INGREDIENTES: Peru 70% (corações, carne, fígado, pescoços), Caldo de peru 29%, Minerais 1%, Óleo de girassol 0,5% – ADITIVOS: Vitamina D3 200IE, Monoidrato de sulfato de zinco 15mg, Monoidrato de sulfato de Manganês 3mg, Iodato de cálcio (livre de água) 0,75mg, Taurina 1500mg – ANÁLISE GARANTIDA: Proteína bruta 10,60%, Gordura bruta 6,20%, Fibra bruta 0,30%, Cinza bruta 2,30%, Humidade 80% – GUIA ALIMENTAR: 3-5kg (200-300g/dia), 5-8kg (300-400g/DiA)

 

INFORMAÇÃO ÚTIL

 

A alimentação húmida de qualidade é uma alternativa à alimentação seca oferecendo todos os nutrientes e balanço hídrico necessários aos animais de estimação e que pode ser oferecida com frequência a cães e gatos. Entre outros benefícios os bons alimentos húmidos contêm menos calorias podendo ser adicionados ao alimento seco, conseguindo-se assim um aumento da palatibilidade e uma maior satisfação dos animais. Nos gatos o ideal é oferecer o alimento húmido separado do seco porque eles, ao contrário dos cães, poderão não gostar da textura misturada. Com a alimentação húmida a ingestão total de líquidos é maior, aumentando o volume e a frequência de urina, o que favorece a saúde do trato urinário prevenindo a formação de cálculos.

Particularmente nos gatos, a alimentação húmida apresenta outras vantagens, designadamente pelo facto de eles utilizarem a proteína como fonte principal de energia estando ela presente em maior quantidade nas rações húmidas. Também nos gatos castrados, mais suscetíveis ao aumento de peso, se a sua alimentação for composta apenas por ração seca (muitas são à base de carbohidratos), as hipóteses de ficarem acima do peso aumentam.

A alimentação húmida também é indicada para animais idosos, que já perderam alguns dentes, e animais debilitados que estão com apetite seletivo devido a alguma doença. Em resumo, a alimentação húmida de boa qualidade é muito saborosa e pode ser utilizada isolada ou conjuntamente com a alimentação seca em animais que, por qualquer motivo, sejam mais seletivos na hora da alimentação. No entanto não deverá ser a fonte principal de alimentação do animal. A prioridade é alimentá-lo com uma dieta equilibrada que contenha ingredientes de alta qualidade adequados para a idade e saúde do seu animal.